Secretaria Nacional do Consumidor alerta para venda de vacinas falsas na internet e feiras


Nesta semana, a coordenadora do Procon Três Rios, Roberta Padilha, chamou atenção para o pronunciamento feito recentemente pela secretária nacional do consumidor, Juliana Domingues.

“É importante que as pessoas tenham noção de que toda a vacina contra a covid-19 está sendo ofertada exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde, e não é vendida”, enfatizou a coordenadora do Procon Três Rios, Roberta Padilha.

De acordo com as autoridades, imunizações estão sendo vendidas clandestinamente. “Essas supostas vacinas (falsas) podem causar problemas sérios de saúde e segurança. Além disso, podem ser golpes para a obtenção de dados ou dinheiro do consumidor. É preciso ficar atento e denunciar", disse a secretária nacional do consumidor, Juliana Domingues.

Foram encontradas vacinas falsas em feiras livres pelo país e alguns vendedores foram autuados.

As denúncias podem ser enviadas para o Ministério da Justiça pelo e-mail vacinapiratacncp@mj.gov.br, pelo canal consumidor.gov.br ou no procon mais próximo. Em Três Rios, o Procon fica na Praça São Sebastião, nº 349, Centro da cidade. Assessoria CVMTR



Fonte: EntreRios Jornal

1 visualização0 comentário