Os direitos sobre pacotes de viagem


Nosso Brasil é o país dos feriados e a grande maioria dos brasileiros adora aproveitar as oportunidades para curtir umas férias curtas e aquele merecido descanso.


Estamos nos aproximando de mais um feriado prolongado e também das férias escolares, momento em que os pais, objetivando passar um tempo a mais com seus filhos, buscam os mais variados pacotes de férias e de viagens.


Mas é necessário ficar atento ao que se está comprando, para evitar que um momento que seria de alegria, torne-se momento de tristeza.


Um dos primeiros cuidados a se tomar no momento de aquisição do pacote, é fazê-lo perante uma empresa confiável, pois a oferta na internet está farta e nesse meio, muitos charlatões acabam procurando levar vantagens sobre pessoas de boa-fé. Uma boa forma de realizar as pesquisas é buscando qualificações da agência que está oferecendo o pacote e também junto a sites de reclamações, como é o caso do www.reclameaqui.com.br.


Escolhida a empresa que fornecerá os pacotes, tenha atenção às condições da compra, tais quais companhia aérea, hotel, transfer e alimentação, pois não poucos são os casos em que os vôos, por serem mais baratos, não permitem o cancelamento, a marcação e, muito menos, que sejam levadas bagagens além da de mão, exceto com o pagamento de custo extra. O hotel da hospedagem também deve ser analisado, para verificar a avaliação dos mesmos em sites de turismo, lembrando que, por se tratar de um pacote, não será reembolsável, ou seja, se chegar ao hotel e não for de seu agrado, terá problemas para cancelar a reserva.


Verificadas todas as informações, o negócio é curtir as férias e, caso os fatos não ocorram da forma como contratado, deverá ser buscado o Poder Judiciário, através do Juizado Especial Cível, para que sejam analisados os danos sofridos.


Bom proveito!!!


Delton Pedroso Bastos Junior

Sócio fundador da Bastos Juris Consultoria

2 visualizações0 comentário