Alunos da Firjan SENAI Três Rios conquistam medalhas na etapa estadual da Olimpíada do Conhecimento


Arthur Marques Tamiozzo, Thalys Ribeiro Dias da Silva e Eliriane da Silva Ramos estudantes da Firjan SENAI Três Rios conquistaram medalhas de ouro e prata na etapa estadual da Olimpíada do Conhecimento, maior competição de educação profissional do mundo. Arthur ficou com a medalha de ouro no desafio de Eletricidade Predial e, Thalys e Eliriane conquistaram ouro e prata, respectivamente, no curso de Panificação. A premiação ocorreu nesta sexta-feira (19), na sede da Firjan, no Centro do Rio.


De um total de 280 alunos competidores em 15 ocupações profissionais, de todas as 27 unidades da Firjan SENAI, foram classificados 65 para a etapa estadual da Olimpíada do Conhecimento e desses 45 serão escolhidos como os melhores do estado do Rio. Agora, os medalhistas passarão por uma seletiva (antiga fase nacional) para a WorldSkills, na Rússia – a maior competição de educação profissional do mundo.


Para medalhista de prata, Eliriane a competição foi algo novo. “Não vive nada parecido até agora. Muito nervoso, muita ansiedade, mas conseguimos colocar em prática o que aprendemos e estou muito feliz com o resultado” disse a jovem que iniciou a vida profissional como confeiteira, mas já pensa em mudar a atuação. “Me identifiquei tanto com esse curso que penso em ter uma nova atuação”, completou Eliriane.


A competição desafia alunos a realizar provas nas quais precisam mobilizar conhecimentos, habilidades e atitudes para superar desafios em sua área de formação. A Olimpíada do Conhecimento é composta de quatro etapas: escolar, regional, estadual e a seletiva (antiga fase nacional) para a WorldSkills.


Segundo o coordenador da Educação Profissional da Firjan SENAI Três Rios, Alessandro Guimarães, os jovens que passam pelos cursos do Senai saem preparados para o mercado de trabalho, mas aqueles que participam da Olimpíada do Conhecimento ganham também um diferencial no currículo. “As exigências das provas são baseadas em desafios reais que ocorrem no dia a dia das indústrias. Logo, estas tarefas são um pequeno anúncio do que poderá ser exigido a eles quando estiverem atuando profissionalmente em seus empregos. Fico feliz em saber que nossos alunos estão desempenhando um bom papel”, garantiu Alessandro.


O desempenho dos competidores estabelece o padrão de excelência das práticas das ocupações e também serve para avaliar a formação técnica oferecida pelo SENAI. Esses indicadores mostram o grau de domínio dos técnicos das novas tendências tecnológicas utilizadas pelo setor produtivo e mudanças nos perfis profissionais, além de orientar a atualização dos currículos nas escolas.


Fonte: Firjan

8 visualizações0 comentário